O que é gestão por competências e como implantar na empresa?

O que é gestão por competências e como implantar na empresa?

O que é gestão por competências e como implantar na empresa?

Atualmente, o ramo de Recursos Humanos está evoluindo rapidamente. É um setor no qual novas tendências aparecem dia após dia. A gestão por competências, por exemplo, tem a ver com a forma como os colaboradores são gerenciados dentro da empresa. Utilizam-se as competências da pessoa e as desejadas para cada função para facilitar sua associação.

Essa gestão aumenta a integração de maneira geral, melhorando a tomada de decisão a respeito da escolha de candidatos e a sua gestão. Ela também favorece a consolidação de resultados para o negócio, além de ser útil para o treinamento.

Veja neste post como a gestão por competências funciona e entenda como você poderá implantá-la na sua empresa!

Como a gestão por competências deve ser implantada?

Para implantar esse modelo é preciso, em primeiro lugar, criar um perfil de competências. Isso corresponde ao conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes (CHA) que é desejado para um funcionário que ocupa um determinado cargo.

Identifique, ainda, quais são os níveis mínimos de cada competência e quais são os valores desejados para cada situação. Esse passo ajuda a delimitar as expectativas da empresa e a alinhar a atuação, de modo que todos saibam o que é preciso para desempenhar cada função.

A partir da seleção e posicionamento do candidato ideal, é hora de colocar a mão na massa. A gestão de pessoas precisa acompanhar quais são os pontos fortes no conceito de CHA e o que ainda precisa ser trabalhado.

É preciso manter a comunicação em alta antes, durante e após o processo de implantação, de forma a garantir que tudo seja muito claro. O que cada um tem de melhor precisa ser valorizado e empregado de maneira a colaborar para os resultados empresariais.

Como esse conceito se alia ao treinamento do time?

É evidente que essa metodologia auxilia no envolvimento do time de RH e os gestores das áreas, além de reduzir, consideravelmente, o tempo necessário para analisar centenas de diferentes competências entre os candidatos. Contudo, o fato é que esse tipo de gestão também faz toda a diferença para a capacitação de equipe.

Em primeiro lugar, os treinamentos se tornam mais acertados, porque são realizados para suprir necessidades específicas de cada colaborador.

Isso tem a ver com a personalização de ações. Em vez de criar treinamentos padronizados para todas as pessoas, tal mapeamento permite que todos desenvolvam determinadas habilidades dentro dos níveis adequados para condições específicas.

Dessa forma, pode-se considerar que ele se torna uma base da tomada de decisão, melhorando os resultados dessas ações e aumentando o retorno sobre esse tipo de investimento.

Quais são os impactos dessa atuação?

Além desse impacto positivo no treinamento em si, os efeitos sentidos na empresa são ainda mais positivos, profundos e persistentes.

A partir da aplicação dessa gestão, é possível valorizar as pessoas de modo que elas ocupem as vagas mais adequadas para o perfil de competência. Isso aumenta a satisfação, a motivação e a taxa de retenção.

Além disso, o negócio consegue fazer com que as habilidades-chave sejam desenvolvidas para a atuação empresarial. Sendo assim, o empreendimento alcança seus objetivos de maneira mais fácil e rápida.

A coleta de resultados, portanto, se torna mais prática, assim como a gestão de pessoas ganha mais visibilidade. Embora os conceitos sejam subjetivos, o uso de tecnologia e o aprendizado contínuo a respeito dessa técnica a torna cada vez mais acertado.

Utilizada corretamente, a gestão por competências pode mudar o panorama do negócio e favorecer o empreendimento e os colaboradores. E já que a comunicação é tão importante, aproveite os comentários para contar o que você pensa sobre esse assunto e nos siga nas redes sociais (Facebook e LinkedIn).

Mariana Dias | GUPY

Formada em Administração de Empresas pela USP e com especialização em Empreendedorismo e Inovação, Mariana é CEO & Co-founder da GUPY. Descobriu sua paixão por RH logo no início de sua carreira e foi Business Partner da área para toda a América Latina em uma multinacional do setor de bebidas. É apaixonada desafios e por tudo relacionado a gestão de pessoas e inovação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter your keyword

/** * Linkedin Insight Tag **/ /** * END OF Linkedin Insight Tag **/