Melhores empresas para trabalhar: o que os funcionários procuram

Melhores empresas para trabalhar: o que os funcionários procuram

Melhores empresas para trabalhar: o que os funcionários procuram

Não só os recrutadores são seletivos na hora de contratar um funcionário. Os profissionais estão cada vez mais atentos às organizações, em busca das mais atrativas e melhores empresas para trabalhar, que valorize as suas habilidades e satisfaça às suas expectativas.

Organizações que não oferecem possibilidade de crescimento, não reconhecem resultados ou são pouco preocupadas com questões sociais estão entre aquelas que costumam espantar os bons colaboradores. Profissionais das gerações Y e Z estão ainda mais atentos a essas mudanças, o que exige da empresa a capacidade de se adaptar a uma nova cultura.

Se dermos uma olhada rápida pelas organizações que mais se destacam nos rankings das melhores para trabalhar, repararemos que as mesmas apresentam ótimos resultados econômicos no mercado. Fica claro que no novo modelo de produção que vivemos, diferente de décadas passadas, é insustentável gerenciar pessoas em direção à alta produtividade sem considerar as próprias pessoas o ativo mais importante da empresa.

O que eles esperam das melhores empresas para trabalhar?

Uma pesquisa feita com 19 mil profissionais constatou que um terço da força de trabalho em 2020 será representada pelos jovens da geração Y, ou, geração milênio (os que nasceram entre 1980 e 1990). Essa mudança de perfil reflete também no que eles esperam do ambiente corporativo. Saber o que esses profissionais entendem por boa empresa para trabalhar é o papel da organização que deseja atrair e reter talentos.

São alguns dos pontos almejados:

Oportunidade de crescimento

Mesmo que não ofereça um grande salário, um cargo pode ser atrativo pela possibilidade de crescimento que oferece. Grandes profissionais não se contentam com a estabilidade e estão em constante busca por conhecimento, por isso, planos de carreira e acompanhamento por meio de projetos de mentoring atraem potenciais talentos que possuem objetivos a longo prazo. Dessa forma, é importante que essas oportunidades de crescimento estejam atreladas aos mecanismos de evolução técnica, emocional e comportamental oferecidos pela empresa através da figura de líderes inspiradores que consigam engajar o time na conquista de mais conhecimento rumo à superação de desafios, e consequentemente, crescimento profissional.

Reconhecimento

Não ter suas qualidades reconhecidas é desmotivante para qualquer pessoa. Para quem deseja sucesso na carreira isso pode ser o suficiente para a falta de empenho no trabalho ou, até mesmo, uma mudança de emprego.

Para reter os talentos que sua empresa já possui, é preciso fazer avaliações constantes dos colaboradores, oferecer feedbacks, permitir que os colaboradores exercitem suas ideias e reconhecer as conquistas e resultados de forma individual. Afinal, o mercado está cada vez mais competitivo, mas não só para os empregados. 

Compromisso social

Profissionais, principalmente os mais jovens, estão exigindo cada vez mais das empresas. Não apenas fatores ligados diretamente à sua carreira, mas também aos seus valores e cultura. Para muitos, é importante visualizar um impacto positivo da organização na sociedade, ou saber que ela está preocupada com causas sociais e que possui valores compatíveis com os seus.

Diferentemente de gerações anteriores, as gerações Y e Z estão alertas para os impactos de seu trabalho para além da organização.

Ambiente de trabalho prazeroso

Impulsionados por desafios, jovens trabalhadores buscam ambientes de trabalho em que se sintam à vontade para se expressar e expor suas ideias, sem receios. Locais criativos, dinâmicos e que estimulem a qualidade de vida fazem parte das características das melhores empresas para trabalhar.

Exemplos de práticas que agregam ao ambiente de trabalho são: sala de descompressão, sala de jogos e videogame, horários flexíveis, código de vestimenta informal e máquinas de café, por exemplo.

Remuneração e Benefícios

Apesar de todos os fatores listados acima, uma boa remuneração e um bom pacote de benefícios são sempre um atrativo e, entre empresas com culturas semelhantes, pode ser um diferencial. A vontade de se sentir valorizado atrai e conserva talentos.

Se sua organização não se destaca atrativamente com a remuneração tradicional, construa um mecanismo de benefícios ou de variável interessante. Existem diversas metodologias para elaborar um programa de recompensa com base em metas individuais, setoriais e organizacionais. Em breve vamos estruturar um Guia para você montar seu próprio programa de remuneração variável e publicaremos aqui no blog, acompanhe!

Conclusão

Em síntese, pelo que podemos entender, inclusive pelas pesquisas que são aplicadas no mercado para eleger as melhores empresas para se trabalhar, uma organização de destaque depende muito mais das percepções internas do que externas. Na pesquisa Great Place to Work®, dois terços do resultado é baseado no feedback confidencial dos funcionários, por exemplo.

Mas é claro que as práticas e políticas que agregam um fator humano de desenvolvimento, reconhecimento e celebração, também são importantes. Além das que destacamos aqui, sempre há formas de inovar na cultura para fortalecer sua marca empregadora enquanto potencializa a performance do seu time simultaneamente.  Programas para desenvolvimento do skill de liderança em gestores, atividades integrativas entre colaboradores, estratégias de atração de talentos, avaliação e gestão do desempenho do time, ferramentas de comunicação interna, dentre outras possibilidades também agregam no seu employer branding.

Gostou do conteúdo? Lembre-se que as novas gerações querem gerar impacto e serem impactadas! Esteja atento às mudanças culturais, para ser competitivo no mercado e oferecer desafios profissionais aos seus colaboradores.

Para isso, conte com nosso conteúdo nos seguindo nas redes sociais (Facebook e Linkedin) e se inscrevendo na nossa newsletter!

 

Fale com nossos especialistas para descobrir como centralizar a gestão do seu recrutamento com métricas e recomendação de candidatos

Guilherme Dias | GUPY

Atua com Marketing e Growth sendo CMO & Co-founder na Gupy. Através de uma consultoria de business em que foi sócio, descobriu que adora otimizar processos, redesenhar soluções de gestão e trazer resultados mais agressivos para negócios. É curioso e apaixonado por Recursos Humanos, séries e gastronomia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter your keyword

/** * Linkedin Insight Tag **/ /** * END OF Linkedin Insight Tag **/